As principais dúvidas da depilação do buço

by - 12:00




Existem três diferentes métodos práticos e rápidos para depilar o buço e eliminar o temível “bigodinho” entre as mulheres. Com cera, folhas ou creme depilatório, o importante é saber a maneira correta de depilar para não correr o risco de ter queimaduras, manchas ou foliculite (reação causada por bactérias que pode ocorrer por falta de assepsia do local antes da depilação).

1 - Qual o melhor método de depilação para o buço?
As ceras ou cremes depilatórios são ótimas alternativas para depilação do buço e existem opções exclusivas para o rosto com uma formulação adequada para a região sensível, porém os cremes removem os pelos superficialmente e as ceras fazem a remoção dos pelos com a raiz. No caso de ceras, as melhores opções são as folhas prontas de cera fria ou a cera quente.




 
2 - Qual a frequência adequada de depilação no buço?
Recomenda-se intervalos de 15 a 30 dias, dependendo da necessidade e do crescimento dos pelos.

3 - Quais os principais problemas que acontecem quando a depilação no buço não é feita da forma correta? Como evitá-los?
Na depilação do buço, podemos nos deparar com as seguintes situações:

* Foliculite: reação causada por bactérias que pode ocorrer por falta de assepsia do local antes da depilação, aplicação de maquiagem no local logo após a depilação e o uso de cremes inadequados para após a depilação. Para evitar a foliculte é necessária a higienização da pele com a loção adstringente de hortelã. Após a depilação aplicar um produto específico para uso pós depilação e evitar ficar passando a mão no local depilado, para evitar contaminação através de bactérias presentes nas mãos.

* Hipercromias (manchas): podem ocorrer se for utilizada cera muito quente ou se a pessoa se expor ao sol logo após a depilação sem utilizar um protetor solar. Para evitar esse problema, é necessário estar atenta à temperatura da cera quente. A consistência que ela apresenta é um bom parâmetro para identificar se está numa temperatura agradável ou não. Por exemplo: se a cera estiver muito líquida, ela estará muito quente e poderá causar queimaduras, além de manchas. Se a cera estiver mais consistente, estará numa temperatura mais agradável.

* Queimadura por atrito: lesão causada devido a várias aplicações da cera na mesma região. Para evitar esse tipo de lesão, recomenda-se não realizar mais de duas aplicações da cera no mesmo local, para não agredir a região.
4 - Quais os cuidados com a região após a depilação do buço?
É importante aplicar loção calmante facial para amenizar a vermelhidão e aliviar o ardor, não passar a mão no local para evitar contaminações, evitar o uso de cosméticos que não sejam adequados para aplicação logo após a depilação, evitar o uso de maquiagens logo após e não se expor ao sol sem fazer uso de um protetor solar.

5 - A depilação no buço deixa marcas na pele da região? Como evitar?
Só ocorrerão marcas se o procedimento não for feito corretamente, conforme instruções citadas, e, no caso do creme depilatório, se a consumidora tiver alergia aos componentes da fórmula. No caso de creme depilatório, é indispensável fazer o teste de sensibilidade.

6 - Qual é o melhor tipo de cera para depilar o buço? Cera quente ou cera fria?
Os dois métodos são ótimas opções. No caso da cera fria, recomenda-se somente a folha pronta facial, pois é prática e segura.


7 - No caso da cera quente, qual é a temperatura ideal para não correr o risco de queimaduras?
Quando a cera apresentar uma consistência homogênea e pastosa, ela estará numa temperatura agradável, ideal para aplicação.

8 - Qual é o método mais duradouro?
Tanto a cera fria ou a cera quente são métodos duradouros, pois os pelos são removidos com a raíz e demoram de 15 a 30 dias para nascerem. No caso de cremes depilatórios, um procedimento mais rápido de ser realizado, os pelos demoram de 4 a 7 dias para voltarem a crescer, pois os pelos são removidos superficialmente.

9 - É liberado tomar sol após fazer a depilação do buço?
Após a depilação, não deve ser feita longa exposição ao sol, como, por exemplo, ir à a praia ou clube num período inferior a 3 dias após a depilação. Em casos de exposição rápida, como ir ao trabalho, deve-se sempre aplicar um filtro solar para proteger a região, pois o processo depilatório remove a camada protetora da pele, deixando-a vulnerável a manchas.

Você também pode gostar:

1 comentários

  1. http://www.maniasdabeleza.com/estetica/acabe-com-a-mancha-do-buco.html

    ResponderExcluir